O ‘Programa Bolsa Família’ (PBF), tecnicamente chamado de ‘mecanismo condicional de transferência de recursos’, foi implantado no governo Lula em 2003, a fim de integrar e unificar ao Fome Zero os programas Bolsa Escola, Auxílio Gás e o Cartão Alimentação do governo FHC e idealizados pela primeira-dama D. Ruth Cardoso.

Em junho de 2011, como parte do programa Brasil sem Miséria, o atual governo anunciou uma expansão ao PBF, anexando-lhe novos recursos e abrindo um leque de situações em que as famílias seriam amparadas…

…E amparo é aqui a palavra chave: Quando os cristãos ainda não se ‘rotulavam’, o Mestre, no intuito de ampará-los, reunia-se na casa de Pedro de Marta e suas irmãs e dos demais apóstolos a fim de realizar os primeiros ‘Evangelhos no Lar’; era o Evangelho em Pessoa adentrando aos lares de amigos, tornando essa prática tão antiga quanto a passagem encarnatória de Jesus por aqui.

Dr. Bezerra de Menezes me dá a entender que os Amigos de Luz que, por um motivo ou outro, não podem comparecer a esses cultos, sentem-se tão felizes como os que lá comparecem participando, atuando, explicando, aprendendo, clareando…

É o momento, portanto, em que os membros encarnados numa mesma família e amigos desencarnados se reúnem em debate não só em torno das verdades do Mestre, mas ‘com’ O próprio…

…Sim, com o próprio, pois que prazer essa família Lhe proporcionará ao ver ‘duas ou mais pessoas reunidas em seu nome… ’

Mas, seria o Evangelho no Lar o momento de ‘lavar roupas sujas’? Prioritariamente, não, mas acredito que todo o esforço para sanear desencontros, traumas, inimizades e ódios, será válido nessa hora. A ocasião para se colocar alguns pingos nos ‘is’… Aliás, o que é o Evangelho em seu todo senão exortações, advertências?

Continua meu amigo e Médico dos Pobres: “O Evangelho no lar é sublime e urgente terapêutica de amparo à família”…

…Como no mundialmente reconhecido Programa Bolsa Família, o Evangelho no Lar é o programa de maior amparo espiritual à família, pois ‘não só de pão vive o homem’; não só de PBF… O ‘Bolsa Evangelho’ é de extrema importância, socorro e amparo!

(Citações em itálico e sintonia são do cap. Oração em família, pg. 59 de Recados do meu coração de José Carlos De Lucca/Bezerra de Menezes, Ed. InteLítera) – (Inverno de 2012).

2 Comentários para “Bolsa Evangelho”

Deixe um comentário