lava-pes1-300x207“Em todos os lugares do vale humano, há recursos de ação e aprimoramento para quem deseja seguir adiante. Sirvamos, em qualquer parte, de boa vontade, como ao Senhor e não às criaturas, e o Senhor nos conduzirá para os cimos da vida.” (Emmanuel).

* * *

Reencarnados na Terra, este vale humano – de muitas lágrimas, por sinal – somos regidos por Leis Divinas ou Naturais que nos chamam ao Trabalho, Sociedade, Progresso, Igualdade, Liberdade e principalmente à Justiça, amor e caridade. “Por ser [o trabalho] uma conseqüência da natureza corpórea do [homem]” (questão 676 de O Livro dos Espíritos), a humanidade, chamada ao progresso, à sociedade, à igualdade e liberdade e sustentada pela justiça amor e caridade, irá trabalhar – servir em qualquer parte – visando o “adiantamento na vida espiritual.” (idem, questão 648).

Nesta peregrinação, será melhor só provermos nossa subsistência ou providenciando-a nos tornarmos diretamente os servidores dos outros buscando recursos de ação como legisladores, administradores, no judiciário, autônomos, artistas e empregados? Legislarmos moralmente; administrarmos sem suspeitas; julgarmos retamente; sermos empregadores honrados; artistas iluminados; operários úteis e humildes… nos homologará como os legítimos servidores do Mestre.

Observemos bem: Somos servidores ‘do’ Cristo; servindo aos homens deste Planeta e a nós próprios; e visando nossa elevação individual, pois equilibrados perante as Leis Morais, que nos conduzem ao aprimoramento ou “adiantamento na vida espiritual.”

* * *

“Do trabalho do operário nasce a grandeza das Nações”, diria o papa Leão XIII; São João Bosco adotaria esta máxima como um dos seus lemas na condução das artes e ofícios como agentes da educação de seus meninos.

O trabalhador, entretanto, em quaisquer recursos de ação, precisará compreender que: é um co-criador do Pai em escala menor; serve indiretamente ao Cristo, servindo aos homens; eleva-se aos cimos da vida – evolui individualmente; e atua na promoção Planetária.

(Sintonia: Fonte viva, Cap. 29 Sirvamos, ditado por Emmanuel a Chico Xavier, 1ª edição da FEB) – (Outono de 2016).

One comentário para “Servidores ‘do’ Cristo”

Deixe um comentário