Posts Tagged ‘Hospitalidade’

Quem chega à região de Bento Gonçalves, se depara com algumas curiosidades. Declino algumas, numa ordem que estabeleci – para mim – como importante:

1. Em repartições turísticas, em sua maioria exploradas por particulares, não se vê um único ‘palito de fósforo’ no chão. Na estação de Bento Gonçalves fui a um banheiro público – e químico – com um perfume de fazer inveja a todos os que já vi;

2. Qualquer espumante que se beba é ‘somente’ espumante… O da Peterlengo ganhou (judicialmente) o status de Champagne;

3. Nas primeiras fileiras dos vinhedos ainda se vêem roseiras. Hoje, somente decoração, já foram antigamente, um anúncio das predadoras formigas, pois estas antes de atacar os vinhedos, ‘atacavam’ as roseiras. Em muitos vinhedos ainda os potentes plátanos servem de sustentação aos vinhedos contra possíveis vendavais;

4. Muito comum nos passeios de Maria Fumaça, os artistas te tirarem para dançar;

5. Na vinícola Salton há uma Santa Ceia pintada com as faces de funcionários da vinícola. Ainda nessa vinícola os jardins são comparados, por exemplo, aos do Jardim Botânico de Curitiba;

6. A Igreja de Nossa Senhora das Neves, no Vale dos Vinhedos e inaugurada em 1907, durante forte seca, foi construída com a doação de 300 litros de vinho por família;

7. A primeira ponte, sobre o Rio das Antas, veio a baixo, fazendo algumas vítimas;

8. Em Caminhos de Pedra há umbus centenários que chegaram a abrigar em suas raízes, imigrantes recém chegados à região em 1875;

9. Na Casa da Ovelha, em Caminhos de Pedra há uma diversidade muito grande de produtos feitos a partir do leite de ovelha… Cada fêmea pode produzir até 4,5 litros de leite/dia;

10. Em Caminhos de Pedra, a Casa de Pedra da Cantina Strapazzon já serviu de cenário para algumas filmagens, entre elas “O quatrilho”. Nessa propriedade preservam-se as quatro moradias de seus donos;

11. Em Carlos Barbosa há, no Show Roon da Tramontina, um presépio feito a partir de resíduos inox (sucatas) de colheres, facas, garfos e outros produtos da empresa;

12. “Se o vinho atrapalha seus negócios, largue os negócios”… é só uma das curiosas frases dos corredores da Vinícola Aurora, maior do País e terceira do mundo; e

13. Guias das vinícolas, geralmente enólogas, poderão repedir o gesto de Napoleão Bonaparte, ao abrir um espumante com espada – sem fio – para isso apropriada.

Com estas curiosidades, encerro minha saga por essa bela região… OBRIGADO BENTO!

(Primavera quente de 2012). – Fotos: 1. Limpeza! 2. ‘Santa Ceia’; 3. Jardins da Salton; 4. Roseiras ‘contra formigas’; 5. Umbú centenário; 6. Frases da Aurora; e 7. Espada ‘à Napoleão’.