Posts Tagged ‘Más influências’

Cuidado!

12fev2013---gaby-amarantos-faz-participacao-especial-no-trio-eletrico-de-daniela-mercury-no-circuito-barra--ondina-em-salvador-1360712030963_1920x1080

tumblr_lir069zidu1qgf5gpo1_400

Muito verdadeiros, os provérbios “ajuda-te que Deus te ajudará” e “o sol nasceu para todos” encontram respaldo em Mateus 7, 7, “pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto…” Dessa forma o Mestre das Boas Conversas me anunciaria que de nada adiantará o sol nascer para mim se dele fugir ou desejar que Deus me ajude sem ‘pedir’, ‘buscar’ ou ‘bater’.

* * *

E hoje a conversa estando relacionada com auto-respeito, concluo que ‘fechar a guarda’ aos inimigos íntimos e ocultos, sabe, aqueles que só eu e Deus sabemos, será a melhor forma de me auto-respeitar e não correr o risco de ficar desmoralizado perante mim e minha Divindade.

Toda vez que escorrego no “vigiai e orai” esses inimigos ocultos capturam minha mente me tornando vulnerável escravo não só em compactuar com o mal, mas com bloqueios na realização do bem.

É lógico que Deus, a Bondade Suprema e Soberana, não se azeda, não se amofina, não se ofende e tão pouco se aborrece com meus escorregões perante os ocultos do mal. Tendo Deus ‘mais o que fazer’ o grande prejudicado serei eu que, refém de meus desvios, estarei impedido de prestar atenção a todas as idéias claras, sintéticas e simples murmuradas pela Vida Maior ao meu ouvido.Orando

O indivíduo que, de certa forma, impede o fluxo da Corrente Divina, longe de perder o respeito de sua Divindade, – já disse que Deus soberanamente não se azeda com isso – abortará, sim, os Divinos Planos, ou adiará o fruto de talentos inatos e singulares, programados somente à sua individualidade.

Quando o [autodesrespeito] se instala em nossa casa mental, passamos a não mais prestar atenção aos avisos e intuições que brotam espontaneamente do reino interior. As vozes de inspiração divina são sempre idéias claras, providas de síntese e simplicidade que a Vida Providencial murmura no imo de nossa alma, me diria hoje o Orientador.

Quando me respeito, respeitam-me todos os outros! E aqui me refiro ao respeito em não permitir intrusos contrários às lides que me são afetas e nas quais acredito. ‘Todos os outros’ poderão ser desencarnados e encarnados que eu não permita me desviarem a atenção aos avisos e intuições de meu reino interior.

* * *

Quando renunciamos ao controle de nós mesmos, outros indivíduos tomarão as rédeas de nossa vida… E não tenho dúvidas que esses outros indivíduos, em sua maioria, serão desencarnados…

Na conquista do auto-respeito, é menos difícil controlar as influências de encarnados do que dos desencarnados!

 (Sintonia e expressões em itálico são do cap. Respeito, pag. 69 de Os prazeres da alma, de Hammed/Francisco do Espírito Santo Neto, Ed. Boa Nova) – (Verão de 2013).