“Mínimas” e curtas do velhinho – (11)

Meus amigos: Não tenho a pretensão que estas curtas sejam pérolas… Se forem pétalas e conseguirem iluminar o dia de umzinho só, dar-me-ei por satisfeito. Um abraço! Bancos – De bancos não espero graças; milagres, nem pensar! Com muito boa vontade, favores; Bonzinhos, bons… – Os bonzinhos só me dirão coisas doces; já os bons, as necessárias; Dinheiro – Carrego pouco… Ladrão que pegar minha carteira […]

“Mínimas” e curtas do velhinho – (10)

Meus amigos: Não tenho a pretensão que estas curtas sejam pérolas… Se forem pétalas e conseguirem iluminar o dia de umzinho só, dar-me-ei por satisfeito. Um abraço! Comércio – Se, de pequeno, iniciei meu filho no comércio – comprei-o com brinquedos, tênis, roupa, carro -, é muito provável que, em minha velhice, ele tome gosto e me abandone a uma enfermeira cara. Dinheiro – Se quiseres garoupas, não as […]

“Mínimas” e curtas do velhinho – (9)

Meus amigos: Não tenho a pretensão que estas curtas sejam pérolas… Se forem pétalas e conseguirem iluminar o dia de umzinho só, dar-me-ei por satisfeito. Um abraço! Amar, servir… – Dr. Inácio Ferreira fumou muito, mas amou e serviu muito mais. Menos mal! Amor – Entendo o amor como gratuito. O amor comprado, cobrado, mendigado, enfim, o não correspondido, sempre abalará minha fé […]

“Mínimas” e curtas do velhinho – (8)

Meus amigos: Não tenho a pretensão que estas curtas sejam pérolas… Se forem pétalas e conseguirem iluminar o dia de umzinho só, dar-me-ei por satisfeito. Um abraço! Loucos, certos… – Não subestimo os loucos – palavra em desuso -; tão pouco superestimo os certos! O bem – Iluminar o dia de alguém: Bem ao alcance de minha mão e tão na contramão deste terceiro […]

“Mínimas” e curtas do velhinho – (7)

Alegrias e dores – As alegrias e as dores de minha alma estão diretamente relacionadas ao grau de parentesco e… Meu parente mais próximo sou eu mesmo! Fanatismo – Não me iludo: Avassalados os há em todos os ‘rebanhos’! Fanatismo (2) – Concebo fé e médicos na dose exata. Quem disse que os dois são incompatíveis? Livre-arbítrio – Meu livre-arbítrio não […]

“Mínimas” e curtas do velhinho – (6)

Perfeição da natureza – O Artesão que enfileirou os grãos de milho na espiga e os coloriu de amarelo ouro, certamente impressionaria a Niemayer e a Van Gogh. Perfeição da natureza (2) – O mar diuturnamente irá murmurar ou rumorejar, independente de o perceber ou isso me satisfazer. Perfeição da natureza (3) – As alamandas – flores de um amarelo intenso – não se importam […]

“Mínimas” e curtas do velhinho – (5)

Animais – Minha evolução passará, inevitavelmente, pelo trato aos irmãos menores da criação – menores, maiores, minúsculos -. Perguntem ao Chico – o de Assis – se não estou certo!? Animais (2) – Apesar da praia vazia e ventosa, não me senti só… Meu amigo não o permitiu; deixou-me afagar a sua cabeça e até me estendeu uma de suas quatro […]

“Mínimas” e curtas do velhinho (2)

Casamento – Casamento, mais que uma honraria, é uma incumbência. Cautela – A isca pode ser boa, mas o anzol é ruim e… O mar calmo poderá ter redes! Equilíbrio – Sendo Deus e a Natureza equilibrados, é natural que a Sua Providencial Bondade assim me deseje. Hobby – Sanhaços, sebinhos, bem-te-vis, corruíras, beija-flores e calhandras não semeiam nem ceifam, mas o Pai do Céu me […]