Crônicas doutrinárias

Destino, não! Acordo reencarnatório

Acordo reencarnatório é o nome mais apropriado para aquilo que chamam de destino ou fatalidade. Tal acordo que um dia foi mediado entre o Plano Espiritual e minha consciência teve suas cláusulas pautadas na vida pregressa do cliente, no caso eu. De volta ao plano físico o véu do esquecimento encobre o meu contrato; precisarei então trabalhar com as evidências.

Quando chego de ‘mala e cuia’ neste Planeta, os problemas que se apresentarão para mim na família, sociedade, trabalho, comunidade são justamente as evidências do acordo feito a despeito do favorecimento do esquecimento. O filho problemático, o colega que me enlouquece, a cunhada que me inferniza… O casamento que me realiza, o prazer de uma amizade, são tudo evidências. Se eu perceber e administrar bem todas essas manifestações eu terei mais facilidade de cumprir com sucesso as cláusulas de meu acordo.

Cumprir essas cláusulas todas faz parte de meu amadurecimento, como diz Francisco do Espírito Santo Neto/Hammed à pag. 38 de As dores da Alma “o amadurecimento do ser humano inicia-se quando cessam suas acusações ao mundo”. Os autores se referem aqui ao meu amadurecimento moral que se dá quando eu deixar de acusar a deus e a todo o mundo e compreender que tenho, sim, pendências com meu filho, com meu colega, com minha cunhada… e contratei confraternizar com minha esposa e com o amigo querido.

Cumprindo, ainda, todas as cláusulas acordadas, estarei mais maduro e auto-financiando meu próximo contrato, mais light considerando o saneamento moral.

É elucidativa a questão 851 de O livro dos Espíritos quando diz que “todos os acontecimentos são pré-determinados… pela escolha que o Espírito fez, ao encarnar, desta ou daquela prova para sofrer. Escolhendo-a, institui para si uma espécie de destino…”

(Finalzinho do verão de 2011/12).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.