Tabuleiro

O ESDE é um imenso tabuleiro onde verificamos as peças se movimentarem em impetuosidade fantástica. * * * Diuturnamente esbarramos na Casa Espírita com inúmeros companheiros se deslocando às diversas turmas, em busca de aprendizado doutrinário: foram e são amigos que fizemos ao longo dos estudos em pretéritas turmas. Como verdadeiras “rainhas, reis, torres, peões, cavalos…” movimentam-se […]

O amor, seus sobrenomes, apelidos e alcunhas

Entendamos sobrenome, como o de família; alcunha é, normalmente, depreciativo; e apelido é o cognome não necessariamente depreciativo. Amar pressupõe sempre despendermos uma quantidade, direção e intenção de energias. Não variando a quantidade de energia despendida, será possível que a direção e a intenção classifiquem nosso amor com sobrenome, apelido ou alcunha: Amor avareza – Diz respeito ao mau gerenciamento de bens materiais […]

Pedágios para Deus

Pedágios são taxas ou tarifas pagas a concessionária de rodovia por condutores que desejam movimentar-se de um local C para um D. Tais tarifas destinam-se à manutenção (ou construção) da via que desejamos trafegar em segurança. Traduzindo, para chegarmos com segurança ao local D, muitas vezes precisamos pagar pedágio… * * * São João, o […]

Sensibilidade

– O que é SENSIBILIDADE? Pergunta o discípulo ao mestre experiente… – SENSIBILIDADE, é podermos verificar, mesmo que à distância, as dores de um amigo angustiado; inclusive sem que ele o saiba. Pensativo, o discípulo relembra que isso não lhe é novidade, pois já lhe haviam ensinado que todos somos médiuns porque todos somos inspirados… […]

Expectativas divinas

“Ninguém duvide, porém, quanto à expectativa do supremo Senhor a nosso respeito. De existência em existência, ajuda-nos a crescer e a servi-lo, para que um dia nos integremos, vitoriosos, em seu divino amor e possamos glorificá-lo.” (Emmanuel). * * * Costumamos afirmar que Deus não se aborrece ou se azeda perante nossa pouca vontade de progredir. […]

Conversa de almas

Nossas almas conversavam curiosas: – Seremos, por acaso gêmeas? – Completamo-nos, por ventura, em comum vôo? – Ou seríamos tão somente participativas, afins, seladas?… Minhalma concluiu que se com a tua fosse gêmea, Como, claudicante, absorveria teus ensinos; Como, usufruiria de amoroso contrato; e Como, dependente, ‘lucraria’ da partilha?… * * * Minhalma curva-se perante […]

Doutrina alada

“… Enquanto a Ciência e a Filosofia operam o trabalho da experimentação e do raciocínio, a Religião edifica e ilumina os sentimentos. As primeiras se irmanam na sabedoria, a segunda personifica o amor, as duas asas divinas com que a alma humana penetrará, um dia, nos pórticos sagrados da espiritualidade.” (Questão 260 de O Consolador). * * * Negritos […]

Ódio e amor: Antônimos?

“Tudo é amor. Até o ódio, o qual  julgas ser a antítese do amor nada mais é senão o próprio amor que adoeceu gravemente”. (Chico Xavier). * * * Pode ser até paradoxal, mas é possível que entre o ódio e o amor esteja circunscrito todo um percurso evolucional. Um dia o generoso já foi egoísta […]