“Tomar as dores”

“Tomar as dores” é o tema da reflexão: quando alguém se indispõe conosco, porque nos indispusemos com alguém que aquela pessoa gosta muito, dizemos que ele ‘tomou as dores’, tomou partido, ou algo que o valha. Consideremos, entretanto, que as indisposições entre dois indivíduos (Espíritos já ‘vividos’), têm origem, ou nesta ou em vivências anteriores: […]

‘Perdôo, mas não esqueço’

‘Perdôo, mas não esqueço’, expressamo-nos vulgarmente quando ofertamos nosso perdão ‘como esmola’ a quem nos tenha ofendido. A estupidez se torna ainda maior quando exclamamos para quem queira ouvir: ‘essa ofensa levarei para o túmulo… ’ Reconhecemos, dentro de uma prática evangélica ainda claudicante que se o perdão já é difícil (pedi-lo ou ofertá-lo), o […]

Arrepender-se, perdoar e reparar é sarar!

Na Lei Divina, há perdão sem arrependimento? Nas considerações feitas sobre a Magnanimidade da Lei, ou a forma justa e bondosa como Deus rege os seres e as coisas da sua criação, desfeitear as questões sobre o perdão, seria uma ininteligência. Para desenvolvermos nosso raciocínio, imaginemos que um dia, por infeliz infortúnio tenhamos subtraído a vida física […]

Restos a pagar

Despesas empenhadas (dadas em garantia), mas não pagas em um exercício financeiro, são chamadas de restos a pagar. Deverão ser distinguidas as despesas processadas (liquidadas), das não processadas (não liquidadas) – (Wikipédia). Se perdoarmos nosso irmão, (aquele de sangue, mesmo) o estaremos absolvendo? E se não o perdoarmos o estaremos condenando? (Desenvolvimento da questão 332, de O […]

Cruzes sem alças…

Saco de cimento de 50 kg não possui alças. Entretanto profissionais da construção civil possuem uma técnica toda especial em carregá-los: Os mais ousados carregam-nos na cabeça; os mais experientes e sensatos, até para evitarem lesões graves, o fazem juntando-os ao tórax, abraçando-o… * * * Carregamos, ao longo de nossas encarnações, cruzes muito mais […]

Não mais… (Livre arbítrio)

Nicodemos, ou São Nicodemos, membro do Sinédrio – legislativo judaico – era um fariseu importante à época de Jesus e por diversas vezes suas vidas se cruzaram.1 Num desses encontros, conversavam sobre a necessidade de nascer de novo. Com o ‘papo’ já adiantado, o Mestre diz a Nicodemos “não te maravilhes – ou admires – de que eu te tenha […]

Mais senhor ou mais vassalo?

“Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo.” (João, 3:3) * * * Ora, para ver o Reino, precisam os indivíduos antes construí-lo através de inúmeros nascer de novo ou de renasceres em outros corpos especialmente formados para eles (ESE, IV, 4) e que lhes proporcione evoluir moral, intelectual e espiritualmente, já que o Reino – com erre […]

“Ressonâncias”

Os templos mais antigos, de uma época em que não havia sistemas de som sofisticados, possuíam uma boa acústica – ressonância, eco, retumbo… Os sacerdotes, por ocasião da homilia ocupavam o púlpito e com facilidade faziam-se ouvir graças à acústica, ressonância, propagação de suas palavras. * * * Toda a ressonância ou os ecos que […]

Destino, não! Acordo reencarnatório

Acordo reencarnatório é o nome mais apropriado para aquilo que chamam de destino ou fatalidade. Tal acordo que um dia foi mediado entre o Plano Espiritual e minha consciência teve suas cláusulas pautadas na vida pregressa do cliente, no caso eu. De volta ao plano físico o véu do esquecimento encobre o meu contrato; precisarei então trabalhar com as evidências. Quando chego […]